out 11
mão tocando calculadora

Custo de aquisição de clientes: saiba por que você precisa acompanhar esse indicador!

CTR, ROI, CPM, CAC, LTV: essa sopa de letrinhas nunca esteve tão em alta. Por trás de tantas siglas, está o sucesso ou o fracasso de um negócio. Uma grande vantagem de investir em SMS marketing é que praticamente tudo é mensurável — basta ter uma estratégia, um objetivo e as ferramentas adequadas de mensuração.

Neste artigo, vamos tratar de uma métrica de extrema relevância para qualquer tipo de negócio, o CAC — Custo de Aquisição de Clientes — e do porquê de essa pequena sigla ser acompanhada de perto sempre.

O que é o Custo de Aquisição de Clientes (CAC)?

Basicamente, é o quanto você investe em vendas/marketing/mídia dividido pelo número de clientes conquistados com este investimento. Ou seja:

CAC = Soma dos investimentos / Número de clientes adquiridos

Por exemplo, sua empresa tem um time de marketing que custa R$ 10.000 por mês e um de vendas que custa mais R$ 20.000. Além disso, existe um gasto com propaganda  de mais R$ 5.000.

O total é de R$ 35.000. Nessa situação, a empresa lida com 350 clientes por mês, o que indica que cada cliente teve um custo de aquisição de R$ 100 e este é o CAC do negócio.

Nesse exemplo didático e ilustrativo, não foram incluídas variáveis que devem entrar na conta, como softwares de gestão de clientes, cursos, participações em eventos, patrocínios etc.

E o que fazer com essa métrica?

O acompanhamento da métrica de Custo de Aquisição de Clientes abre um leque enorme para tomadas de decisões estratégicas. A análise mais direta é relacionada ao Ticket Médio da seguinte forma:

  • Se o CAC for INFERIOR ao Ticket Médio, quer dizer que a empresa está remando no sentido correto, já que o cliente deixa mais dinheiro do que ele custou ao adquirir seus produtos ou serviços;
  • Se o CAC for SUPERIOR ao Ticket Médio, é preciso tomar muito cuidado, pois o cliente está custando mais do que aquilo que ele deixa de receita na empresa. Ou seja, seu negócio estará necessariamente operando no prejuízo.

imã gigante na cor vermelha que puxa clientes com produtos e sacolas nas mãos

Nesse contexto, é importante lembrar que existem outros gastos a se considerar no momento de avaliar a saúde financeira da empresa. O CAC inferior ao Ticket Médio é um indicativo que as coisas estão caminhando bem. No entanto, outros fatores que não fazem parte do cálculo do CAC devem ser levados em consideração.

Como diminuir o seu CAC?

Listamos algumas ações que podem ajudar a diminuir o CAC. Fique ligado nelas:

  • Conheça melhor o seu cliente e segmente melhor seus esforços de marketing;
  • Aumente a recorrência de vendas, já que é mais fácil vender para clientes que já confiam no seu negócio;
  • Mantenha um relacionamento com seus clientes para criar engajamento, educá-lo sobre o segmento e, por fim, torná-lo um consumidor fiel à sua marca. Investir em SMS como estratégia de marketing pode ser a solução para este caso.
  • Tenha um time de vendas e um ponto de vendas qualificados — isso aumenta consideravelmente a chance de converter o visitante em consumidor.

O Custo de Aquisição de Clientes é uma parte expressiva de uma ciência que vislumbra, além de faturar mais, otimizar custos e os gastos por meio de métricas. Por isso, calcule seu CAC e descubra como ele pode te ajudar na hora de alavancar seu negócio.

E agora que você já sabe da importância desta métrica, aproveite para calcular seus custos utilizando a Calculadora Sixdoo.